domingo, 26 de outubro de 2008

Eu


Eu me achei em um novo mundo, um novo tempo e pensemento.
Eu me achei diferente em mim e de mim mesma.
Eu me achei diferente em pensamento, em vida, em morte.

Eu me vi, sem me enchergar, e sem enchergar me vi.
Eu me perdi me encontrando, e me encontrei perdida.
Eu mudei sendo a mesma, e sou a mesma agora sem mudar.

Eu me escondi e me achei escondida, Eu vi luz nas trevas, e trevas na luz.
Eu me confundi, esclarecendo a mim mesma.
Eu vi e ouvi, cheirei e provei, ate mesmo toquei.

E entao o fim de tudo chegou,
E no fim descobri que tudo era nada, e nada era tudo.
E mesmo que diferensa n~ fasa, isso tudo muda tudo.

Nenhum comentário: